NOTÍCIAS

Na SP-Arte, consumidores preferiram obras mais em conta a peças milionárias

Publicado em 19/04/2018
Fonte: Isto é

Se nos primeiros dias da SP-Arte 2018 o clima era positivo entre os galeristas, no encerramento, no domingo, 15, já era de comemoração total, pelo menos para a maioria. Próximo das 19h, horário de fechamento da feira, muitos brindavam, literalmente, aos bons resultados.

Apesar de muitas reservas, como as dos dois quadros de Tarsila do Amaral levados à feira, nos valores de R$ 17 e 15 milhões, as obras com os maiores preços não tiveram grande destaque. O público médio, de 6 mil pessoas por dia, preferiu levar mais, por menos – apesar de ainda não ter um número fechado, os organizadores estimam um aumento de 10% no número de visitantes em comparação ao ano passado, que foi de 30 mil.


...

Clique aqui e leia a matéria completa.

ARQUIVO DE NOTÍCIAS
voltar
REALIZAÇÃO:
APOIO: