NOTÍCIAS

Espaço mineiro comemora dois anos com exposição de gravura

Publicado em 05/12/2017
Fonte: Select.art.br

Focado em arte sobre papel, o espaço cAsA apresenta obras de artistas como Goya, Goeldi e Evandro Carlos Jardim

Há dois anos, nascia em Belo Horizonte um espaço dedicado exclusivamente a trabalhos artísticos sobre papel. Fruto do luto de Lúcia Palhano, o espaço cAsA começou com o pequeno acervo de gravuras de seu filho André, adquirido por ele antes de sua morte precoce, com 24 anos. A galeria foi a forma encontrada por Lúcia de se conectar aos interesses do filho, assim como ampliar a coleção que ele deixou para trás como legado.

Hoje, dois anos após sua fundação, o espaço conta com mais de mil obras e já realizou sete exposições, entre elas duas coletivas do acervo. E para comemorar as bodas de algodão, o cAsA apresenta a exposição Prosaica Humanidade, com 37 gravuras de 29 artistas, entre os quais estão Evandro Carlos Jardim, Francisco Goya, Marc Chagall, Oswaldo Goeldi e Renina Katz.

Clique aqui e leia a matéria completa.

ARQUIVO DE NOTÍCIAS
voltar
REALIZAÇÃO:
APOIO: