NOTÍCIAS

cAsA se consolida como importante espaço de exposição de gravuras

Publicado em 25/01/2018
Fonte: O Tempo

Belo Horizonte é uma cidade com grande tradição gráfica. Aqui nasceu, por exemplo, a gravadora e desenhista Lotus Amanda Maria Lobo de Alvarenga, 74. Na cidade também existem importantes coletivos que trabalham com gravura, como a Casagravada. A capital ainda abriga importantes feiras gráficas, sendo a Faísca a mais destacada de todas elas. Apesar da efervescente produção, são poucos os lugares que se dedicam a receber trabalhos de arte feitos sobre o papel.

“Grande parte das galerias não veem o papel como espaço privilegiado”. A avaliação é de Paulo Rocha, um dos quatro curadores da cAsA – Obras sobre Papel, única galeria de Belo Horizonte – e uma das poucas do Brasil – que promove exclusivamente exposições de arte sobre o papel, sobretudo a gravura. Em 2017 a galeria completou dois anos e vem se consolidando como importante espaço da circulação de obras como gravuras, desenhos, aquarelas e fotografias. “Agora, a gente tem tido uma inserção maior no cenário da arte de Belo Horizonte. As pessoas estão sabendo sobre o espaço e incluindo esse tipo de arte no imaginário”, avalia Rocha.

...

Clique aqui e leia a matéria completa.

ARQUIVO DE NOTÍCIAS
voltar
REALIZAÇÃO:
APOIO: