NOTÍCIAS

Descoberta gravura mais antiga de uma supernova

Publicado em 06/02/2018
Fonte: dn.pt

Dois objetos brilhantes no céu, animais e seres humanos por baixo. Aquela que será a representação mais antiga de uma supernova foi descoberta na Índia por um grupo de cientistas do Tata Institute of Fundamental Research. Trata-se de uma gravura feita numa rocha que, embora à primeira vista pareça uma cena de caça, corresponderá ao mapa do céu mais antigo da história. Segundo os investigadores, terá sido feito em 3400 a.C.

De acordo com o site Quartz, a descoberta foi realizada em Burzahama, região de Caxemira, e tudo indica que diz respeito ao mais antigo registo de uma supernova, um evento que acontece no fim de vida de uma estrela massiva e que se caracteriza por uma explosão que emite grandes quantidades de energia e luz.

Segundo o astrofísico Mayank Vahia, que liderou a investigação, a rocha estava enterrada na parede de uma casa datada de 2100 a.C.. Como a construção mais antiga naquela região data de 4100 a.C., os cientistas acreditam que a representação terá sido feita entre os dois milénios, já que a pedra foi usada para construir essa nova habitação onde foi encontrada.

...

Clique aqui e leia a matéria completa.

ARQUIVO DE NOTÍCIAS
voltar
REALIZAÇÃO:
APOIO: